quinta-feira, 24 de maio de 2007

...

"Há duas intrépidas vidas

Na florescência de meu ser

Uma, que me pejou de feridas

E outra, que nunca as chegou a ter."

...


in "O Tempo das Coisas" , João Vasco