domingo, 27 de setembro de 2009

Definição



Foto de José Rui Moreira Correia
Tenho demais comigo
Já tentei dar ninguém quis
Não sou porto de abrigo
Sou o que nada me fiz
O que acabei sendo
É o que não se vê
O que sou perdendo
Texto que não se lê
João Vasco

3 comentários:

Jujubasm ♥ disse...

João, vc conseguiu me emocionar esta manhã.
As lestras que saem de ti são belas.

Anônimo disse...

Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!

Sofia disse...

Este texto está divino!